As orações de Alexandrina de Balasar

134
views
orações de Alexandrina de Balasar

Orações de Alexandrina de Balasar

Consagração a Maria

Mãezinha, eu Vos consagro os meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração; a minha alma, a minha virgindade, a minha pureza, a minha castidade; a pureza e a virgindade de (intenções suas privadas)…
Aceitai, Mãezinha, são Vossos, sois Vós o cofre sagrado, o cofre bendito da nossa riqueza.

Consagro-Vos o meu presente e o meu futuro, a minha vida e a minha morte, tudo quanto me deram a mim, rezaram por mim e ofereceram por mim.
Ó Mãezinha, abri-me os Vossos santíssimos Braços, tomai-me sobre eles, estreitai-me no Vosso Imaculado Coração, cobri-me com o Vosso manto e aceitai-me como Vossa filha muito amada, muito querida, e consagrai-me toda a Jesus.
Fechai-me para sempre no Seu Divino Coração, e dizei-Lhe que O ajudais a crucificar-me, para que não fique no meu corpo, nem na minha alma, nada por crucificar.

Ó Mãezinha, fazei-me humilde, obediente, pura, casta na alma e no corpo. Fazei-me pura, fazei-me um anjo.
Transformai-me toda em amor, consumi-me toda nas chamas do Amor de Jesus.

Ó Mãezinha, pedi perdão a Jesus por mim!
Dizei-Lhe que é o filho pródigo que volta a casa do seu bom Pai, disposto a segui-Lo, a amá-Lo, a adorá-Lo, a obedecer-Lhe e a imitá-Lo.
Dizei-Lhe que não quero mais ofendê-Lo.

Ó Mãezinha, obtende-me uma dor tão grande dos meus pecados, que seja tal o meu arrependimento, que eu fique pura, que eu fique um anjo.
Pura como fiquei depois do meu Baptismo, para que pela minha pureza mereça a compaixão de Jesus, de recebê-Lo sacramentalmente todos os dias, e de possuí-Lo para sempre em mim, até dar o último suspiro.

Mãezinha, vinde comigo para os Sacrários, para todos os Sacrários do Mundo, para toda a parte ou lugar onde habita Jesus Sacramentado.
Fazei-Lhe a minha humilde oferta.
Oh, como Jesus ficará contente com a oferta mais pobrezinha, mais miserável, mais indigna!

Ó Mãezinha, eu quero andar de Sacrário em Sacrário a pedir favores a Jesus, como a abelhinha de flor em flor a sugar o néctar!
Ó Mãezinha, eu quero formar um rochedo de Amor em cada lugar onde Jesus Sacramentado habita, para que não haja nada que possa intrometer-se entre o Amor e ir ferir o Seu Santíssimo Coração, renovar as Suas santíssimas Chagas e toda a Sua sagrada Paixão!

Mãezinha, falai no meu coração e nos meus lábios, fazei mais fervorosas as minhas orações e mais valiosos os meus pedidos!

Orações de Alexandrina de Balasar

Ó meu querido Jesus, eu me uno em espírito, neste momento e desde agora para sempre, a todas as santas Hóstias da Terra, em cada lugar onde habitais Sacramentado.
Aí quero passar todos os momentos da minha vida, constantemente, de dia e de noite, alegre ou triste, só ou acompanhada, sempre a consolar-Vos, a amar-Vos, a louvar-Vos e a glorificar-Vos.

Ó meu Jesus, eu queria tantos actos de amor meus, constantemente a cair sobre Vós, de dia e de noite, como a chuva miudinha cai do Céu para a terra num dia de Inverno.
Não queria que fossem só meus, mas também de todos os corações de todas as criaturas do Mundo inteiro…

Oh, como eu Vos queria amar e ver-Vos amado por todos!
Vede, Jesus, os meus desejos, aceitai-os como se eu já Vos amasse.
Ó Jesus, nem um só Sacrário fique no Mundo, nem um só lugar onde habitais Sacramentado, sem que hoje, e desde hoje para sempre, em cada momento da minha vida, eu esteja sempre lá a dizer-Vos:

Jesus, eu amo-Vos! Jesus, eu sou toda Vossa!
Sou a Vossa vítima, a vítima da Eucaristia, a lampadazinha das Vossas Prisões de Amor, a sentinela dos Vossos Sacrários!
Ó Jesus, eu quero ser vítima dos sacerdotes, a vítima dos pecadores, a vítima do Vosso Amor, da minha família, da Vossa santíssima Paixão, das Dores da Mãezinha, do Vosso Coração, da Vossa santa Vontade, a vítima do Mundo inteiro!
Vítima da paz, vítima da consagração do Mundo à Mãezinha!…